Radiante - Alyson Noël

| |
Bom dia a todos!

Hoje trago a vocês a resenha do livro "Radiante", de Alyson Noël. Ele é o primeiro livro da série Riley Bloom que é um spin-off da série Os Imortais (composta por 6 volumes já resenhados no blog: Para Sempre, Lua Azul, Terra de Sombras, Chama Negra, Estrela da Noite e Infinito).

Então, vamos lá? 


O livro tem como protagonista Riley, uma garota de 12 anos que sofreu um acidente junto a sua família, no qual somente sua irmã Ever saiu com ''vida" (quem leu ou sabe sobre a temática de Os Imortais entenderá o porque das "aspas").
Após o acidente, Riley fica vagando pelo plano terreno, visitando sua irmã (que era a única que podia vê-la) e bisbilhotando a vida de celebridades... Até que um dia, Riley decide fazer a passagem.
Ao atravessar a ponte, ela se vê em um mundo a que chamam de Aqui & Agora, onde vive com seus pais, avós e, é claro, seu cachorro Buttercup. Lá, todos tem um ''serviço'', tem que estudar e tudo mais. E chega o dia em que irão escolher a tarefa para a qual Riley será designada.
No momento de confrontar o Conselho para saber qual será seu trabalho, Riley vê toda sua vida passando em vídeo, todas as suas burrices, o quanto era pentelha e, antes que ela tente se justificar, recebe a tarefa de ser uma Apanhadora de Almas.
É sua missão fazer com que as almas atormentadas, que vagão perdidas, encontrem o caminho e atravessem a ponte. E, para que ela cumpra devidamente sua missão, ela terá como mentor um garoto chamado Bodhi.
Se esforçando para se adaptar a nova vida, Riley ainda sente muita falta da terra e de sua irmã. É aí que Riley percebe que seus desejos, mesmo que indiretamente, serão realizados. Ela voltará à terra.
Sua primeira tarefa não é nada fácil. Ela deve convencer um ''fantasma'' que vive atormentando uma antiga casa há séculos, conhecido como Garoto Radiante, a se desapegar do passado e seguir em frente.

Bom, o livro em relação a diagramação e capa está lindo... A letra está em tamanho agradável, os números de páginas são decorados, páginas amareladas.
A capa, não só desse como de todos da série, eu acho linda.
Já adianto que eu amo a escrita de Alyson Noël. Sei que muitos não gostam mas eu sim. Já li todos os livros da série Os Imortais e também Em Busca de Zoe. Acho que suas histórias são "simples" na medida do possível e a narrativa é envolvente e não é massante.
Eu amei demais a série Os Imortais, simplesmente não aguentava a espera para que lançassem o próximo livro. Era de se esperar que a série Riley Bloom seguisse a mesma linha, mas... não foi o que aconteceu.
Mesmo que a série Riley Bloom seja legal ela não supera a série Os Imortais.
Riley é uma protagonista complexa. Quem leu a série da Ever sabe o quanto Riley sonhava em fazer 13 anos e ela não superou isso ainda. Ela não se conforma com o fato de que nunca chegará a ficar como a irmã, com seios, o rosto mais maduro e tudo mais. Isso, ao mesmo tempo que nos dá pena, irrita. Como eu posso resumir... Ela é aquela típica pré-adolescente. Que está em um meio termo entre a adolescência e a infância.
A relação dela com seu mentor Bodhi, chega a ser cômica.
No decorrer do livro, pode-se perceber que Riley começa a amadurecer, mesmo que ela não perceba.
Resumindo, é um livro legal que serve para distrair e até para nos divertir. Com narrativa simples...
Recomendo o livro... Esse foi o volume que eu achei mais chatinho da série, os próximos são bem mais interessantes.
Leiam a série Riley Bloom. São livrinhos finos e divertidos.

Deixo aqui alguns trechos:

"A maioria das pessoas acha que a morte é o fim.
O fim da vida – dos bons tempos -, o fim de... bem, praticamente tudo.
Mas essas pessoas estão enganadas.
Completamente enganadas.
Eu sei muito bem. Faz quase um ano que morri."
Pág. 07

"Que ótimo! Meu primeiro dia no ensino médio e sou deixada com o Sr. Bobão."
Pág. 30

"- Bem, talvez se livrando do terno e da gravata e tirando um pouco de gordura do cabelo... você não parecesse tão... Eh... – (...)."
Pág. 31

"- Cães são um presente para o ser humano. São felizes, alegres e leais por natureza. São pura energia positiva e um exemplo a ser seguido. Isso é tudo o que se espera deles."
Pág. 59
  
"Eu iria a Londres!
Lar de Robert Pattinson, Daniel Radcliffe, Príncipes William e Harry, sem contar a banda favorita de todos os tempos de meu pai, os Beatles (certo, tecnicamente eram de Liverpool, mas ainda assim era perto o suficiente para mim)."
Pág. 78

"Cada um tem as próprias lições a aprender, o próprio destino para cumprir, e não cabe a nós interferir."

Dei 4 estrelas para ele...





Sinceramente, espero que mais volumes dessa série sejam lançados, porque o quarto livro, Murmúrio, terminou muito bom!
Espero que tenham gostado...
Por hoje é só.
Beijinhos


18 comentários:

  1. Já faz um tempo que li esse livro. Lembro que achei a história bem fofa. Boa para crianças e adolescentes, bem leve.

    Adorei seu blog!
    Estou seguindo.

    www.meuslivrosesonhos.blogspot.com.br
    *Ficarei feliz com uma visita sua ao meu blog!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A história é bem fofa mesmo!
      Que bom que gostou, pode deixar que irei visitar!

      Excluir
  2. Olá, tudo bom?

    Já li alguns livros da Alyson, e me enquadro no time de que não gosta dos livros dela. Li alguns dos Os imortais, mas a série acabou me cansando um pouco e não se tornando grande coisa. Riley Bloom tenho certa curiosidade em ler, mas não sei quando isso vai ocorrer...

    Beijos
    Lucas
    ondeviveafantasia.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii
      Eu amei! O primeiro livro do Os Imortais, eu achei meio parado, mas depois foi impossível parar!
      A série da Riley eu não gostei tanto... Tente ler algum dia, quem sabe você goste.

      Beijos

      Excluir
  3. Estou bastante curioso com essa série, já li Os Imortais e na época gostei bastante, mas hoje não me agrada muito.
    Ótimos trechos.

    (diariodeumledor.blogspot.com)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leia! Quem sabe você não gosta!
      Eu amei a série Os Imortais!

      Obrigada =D

      Excluir
  4. cara eu nunca li nada da autora, eu sempre fico na duvida se vou curtir ou nao sabe

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então, as opiniões são sempre bem divididas. Uns amam, outros odeiam. Eu amo!
      Meu conselho, quando for ler algo dela, comece pela série Os Imortais.
      Beijos

      Excluir
  5. A história parece ser bem interessante, mas talvez não seja tão boa quanto Os Imortais justamente por esta é que ser a série principal... Mas sabe, achei super diferente esse enredo... Mesmo eu não gostando desse tipo de tema, confesso que fiquei até um pouco interessado. oaheoaooaeoheoeha

    Beijos Tify!
    leiturasdoedu.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ela é bem interessante, mas não tanto.
      Não costumo ler livros desse tipo, mas esse, por ser um spin-off da minha querida série Os Imortais, eu li. Até que gostei.
      Quem sabe um dia você não lê?
      Beijos

      Excluir
  6. Lí esse livro para descontrair, eu gostei do livro, é leve e divertido.
    Só achei a Riley madura demais para 12 anos e como é sarcástica.
    Boa resenha, adorei mesmo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkk Eu também gostei.
      Ah! Eu não sei, acho que eu sempre fui muito madura... Achei a Riley meio infantil;

      Muito obrigada ^^

      Excluir
  7. Também fiz uma resenha sobre esse livro, pode até servir como um complemento ou contra posto a sua.
    https://utopialiterariaentreamigas.wordpress.com/?p=724&preview=true&preview_id=724

    ResponderExcluir
  8. Eu li o livro radiante primeiro pode me dizer si tem uma sequência. Qual é o primeiro? Amei...

    ResponderExcluir
  9. Eu li o livro radiante primeiro pode me dizer si tem uma sequência. Qual é o primeiro? Amei...

    ResponderExcluir
  10. Quero continuar lendo os livros. Só não sei como obtelos. Comprei o radiantes e adorei. Como faço p continuar lendo?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu comprei todos os meus pelo Submarino e Saraiva. Acho que você ainda pode encontrar por lá. =)

      Excluir