Em Chamas - Suzanne Collins

| |
Bom dia a todos!!!


Esse é meu primeiro final de semana das férias.. Finalmente! kkk

E, para comemorar, trago a vocês a resenha do livro "Em Chamas", segundo volume da Trilogia Jogos Vorazes, de Suzanne Collins, lançado aqui no Brasil pela Editora Rocco.

Então, vamos lá...

O livro começar com Katniss contando sobre a volta dela e de Peeta ao Distrito 12. Após desafiarem a principal regra da Capital (só pode haver um vencedor) no final da 74º Edição dos Jogos Vorazes com as amoras, os dois voltam a seu amado distrito com dinheiro, comida e tudo o que desejassem para não passarem fome. Agora, eles moram na parte da aldeia destinada aos vitoriosos dos jogos. Katniss não consegue se adaptar a essa nova vida e continua com suas caças escondidas.
Mas Katniss sabia que aquela amostra de insubordinação não seria esquecida e que teriam de enfrentar as consequências.
Com isso o Presidente Snow lhe dá um ultimato: ou Katniss convence toda Panem de que tudo não passou de um ato de ''amor'' e não de um atentado contra a Capital, ou sérias consequências virão e todos os que ela ama sofrerão também.
Ela deve levar seu falso romance com Peeta adiante, fazendo todos acreditarem que são extremamente apaixonados, inclusive que pretendem se casar. E a grande chance de cumprir sua parte está na turnê da vitória.
Só que as coisas não saem exatamente como Katniss planejou...
De uma hora para outra, Katniss tornou-se um símbolo de resistência para os habitantes dos outros distritos. Mesmo sem ter consciência do que fez para dar tanta esperança ao povo, as confusões começam a aparecer e piorar cada vez mais sua vida.
Como se não bastasse toda a confusão da turnê da vitória, os 75º Jogos Vorazes estão se aproximando e com, eles o Massacre Quaternário, que acontece a cada 25 anos e sempre traz surpresas para os competidores. (Lembrando que, sempre que existe um campeão nos Jogos Vorazes, essa pessoa torna-se mentor no próximo ano).
E agora, Katniss e Peeta descobrem que terão de voltar para a arena...


Trouxe alguns trechos desse livro para que vocês apreciem:

“Acho que dá para apostar que vai ser insuportável pra mim onde quer que eu esteja.”

“Mas qual é a pior dor? Para mim, é sempre a dor atual.”

“Ele é meu. Eu sou dele. Qualquer outra coisa é impensável. Por que terá sido necessário que sua vida ficasse a um centímetro de se extinguir sob aquele chicote para que eu pudesse enxergar isso?”

“— Por que você não vai dormir um pouco? — diz ele.
Porque eu não sei como lidar com pesadelos. Não sem você, penso. Eles com certeza serão horrorosos nessa noite. Mas dificilmente terei coragem para pedir a Peeta que durma comigo.”

“Desse jeito eu não machuco ninguém, a não ser eu mesmo.”

“Temos nossas próprias maneiras de nos manter ocupados.”

“Porque, às vezes, acontecem coisas com as pessoas com as quais elas não estão preparadas para lidar.”

“Senhoras e senhores, que a septuagésima quinta edição de Jogos Vorazes comece!” A voz de Claudius Templesmith, o locutor dos Jogos, martela nos meus ouvidos. Tenho menos de um minuto para me orientar. Em seguida, o gongo soa e os tributos estarão livres para se mover para fora de suas placas de metal. Mas se mover para onde?"

“- Ninguém precisa realmente de mim - diz ele, e não há nenhuma autocomiseração na voz dele. É verdade que a família de Peeta não precisa dele. Eles sentirão a sua morte, assim como um punhado de amigos. Mas continuarão com suas vidas. Até mesmo Haymitch, com a ajuda de uma grande quantidade de aguardente branca, seguirá com sua vida. Percebo que apenas uma pessoa ficará irreversivelmente devastada pela morte de Peeta. Eu.
- Eu preciso - digo. - Eu preciso de você.”

“Não tenho como lutar contra o sol. Posso apenas observar impotente como ele me carrega em direção a um dia que tenho abominado há meses.”

Bom, o que posso dizer desse livro... Em Chamas, em minha opinião é surpreendente!
O melhor volume da trilogia. Realmente, existe tanta ação nesse livro, que é capaz de deixar o leitor sem fôlego.
Suzanne Collins continua com seu estilo de narrativa, rápido, emocionante e com inúmeras surpresas.
Esse volume serve para reforçar ainda mais a ideia do ''triângulo amoroso", além de dar ainda mais dúvidas a Katniss. kkkk
Continuo com minha fiel torcida por Peeta, se ele já havia conquistado meu coração com Jogos Vorazes, ele o ganhou de vez com Em Chamas.
Está mais do que recomendadíssimo... Vale muito a pena gastar seus minutos lendo Em Chamas...
Li em apenas 1 dia e meio... Simplesmente viciante!
Não deixem de ler!

O filme, pelo que eu sei, está com previsão de lançamento para novembro de 2013. Só nos resta esperar ansiosamente por ele né?!
Trago uma imagem a vocês, que depois que lerem o livro, entenderão... kkkkk



Espero que tenham gostado... Não deixem de ler!
Por hoje é só
Beijinhos


8 comentários:

  1. Também achei esse livro o melhor da série, fiquei vidrada srsrrss
    Espero que o filme fique a altura do livro.

    Bjs
    Jéssica
    http://lilianejessica.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu fiquei vidrada... Impossível parar de ler!
      Também espero, parece que vai ser bom...

      Beijos

      Excluir
  2. Olá! Li o livro faz pouco tempo, e a resenha sai terça e igual você falou o livro é de tirar o folego literalmente, você não consegue parar nem que quiser!
    Beijinhos :*
    http://sonhando-com-livros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!!
      Vou lá terça conferir então! =)
      Tira o fôlego mesmo!!!

      Beijos

      Excluir
  3. Parece interessante o livro. Nunca li, mas não perderia oportunidade. Quanto ao filme esperarei ansiosa.

    Eu gostei!
    Bjos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O livro é muito bom!!!
      Impossível parar de ler!

      Beijos

      Excluir
  4. Ah, não gosto da série de Jogos Vorazes, talvez a estória não tenha me agradado tanto quanto esperava.

    http://enfimshakespeare.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkk Às vezes isso acontece... Esperamos muito de uma série e ela acaba não superando as expectativas...
      Eu gostei muito. Tanto que devorei os livros.
      Quem sabe não é tanto o seu gênero...

      Excluir